Mapa interativo permite conhecer geografia e história da Palestina anterior à limpeza étnica até a atualidade

Projeto da Universidade Americana do Líbano é um dos registros mais completos e detalhados da Palestina histórica e de seu povo

Mapa interativo da Palestina, de 1940, permite conhecer todos os seus povoados e cidades, estradas, ruas, limites territoriais entre cidades e povoados, fontes e cursos d’água e as localizações de sítios históricos e arqueológicos, igrejas e mesquitas e diversas instituições.

O que distingue este mapa – desenvolvido pela Universidade Americana de Beirute (UAB), no Líbano – é que após determinar o nome da localidade desejada, aparecerão indicados os pontos de interesse, indicados por imagens. Clicando nestes, o mapa indica suas localizações precisas.

O mapa dá tanto a situação atual da Palestina quanto a totalidade do que havia antes de 1948, momento histórico da tomada da Palestina pela força e pelo terror, da limpeza étnica e todos os demais crimes que seguiram, cometidos pelos estrangeiros euro-sionistas protagonistas do projeto colonial sionista. Cada cidade, povoado, vila ou bairro destruídos e cujas populações foram mortas ou expulsas, tudo é indicado no mapa.

Além disso, o mapa traz algo inovador, que o torna praticamente único: para cada localidade são trazidas entrevistas e testemunhos que contam sua história. Selecionada a localidade, abrem-se as entrevistas e testemunhos.

Por sua interatividade geográfica e histórica, o mapa é considerado não apenas um dos melhores mapas retratando a Palestina histórica, mas como uma das principais fontes históricas e políticas para o assunto, para a história palestina.

Fonte: FEPAL

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *