Emirados aumentam importação de carne do Brasil

No período de janeiro a setembro, os Emirados Árabes Unidos foram o sexto maior destino da carne bovina brasileira no exterior e fizeram compras 14% maiores. O Brasil teve bom desempenho na exportação do produto em setembro, apesar do embargo de alguns países.

Agência ANBA

Os Emirados Árabes Unidos aumentaram em 14% as compras de carne bovina do Brasil de janeiro a setembro deste ano em relação aos mesmos meses de 2020, de acordo com dados divulgados pela Associação Brasileira de Frigoríficos (Abrafrigo) nesta semana. O país importou 33,9 mil toneladas e foi o sexto maior destino do produto brasileiro no exterior no período.

Outro país árabe, o Egito, também faz parte da lista dos seis maiores compradores da carne bovina do Brasil no exterior. De janeiro a setembro, o Egito foi o quarto destino do produto em volume, com compras de 47,4 mil toneladas. O país, porém, diminuiu em 53,2% as suas aquisições, que tinham sido de 101,4 mil toneladas nos primeiros nove meses do ano passado.

Segundo a Abrafrigo, no acumulado do ano, as exportações totais de carne bovina do Brasil cresceram 2,84% em volume sobre o mesmo período de 2020, atingindo 1,5 milhão de toneladas, e 22% em receita, para US$ 7,4 bilhões. Os dados incluem produto in natura e processado.

Setembro

O Brasil teve recorde na exportação de carne bovina em setembro, com crescimento de 31% em volume e de 79% em receita, para 218,5 mil toneladas e US$ 1,1 bilhão, superando agosto. O desempenho ocorreu apesar do embargo de alguns países ao produto brasileiro em função de dois casos atípicos de mal da vaca louca divulgados no começo de setembro. A China segue com as compras suspensas, mas, mesmo assim, foi o maior destino da carne bovina brasileira de janeiro a setembro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *